Como Estudar Para o Concurso De Auditor Fiscal Da Recei

04 May 2019 08:03
Tags

Back to list of posts

<h1> Dezoito Bolsas De Estudo Com Inscri&ccedil;&otilde;es Que Acabam Em Mar&ccedil;o Do GUIA Faz A Prova Do Enem 2018 E Conta Como Foi</h1>

<p>S&oacute; em 2009 as organizadoras Vunesp, Cesgranrio, Fundep e Cespe realizaram concursos p&uacute;blicos oferecendo setenta e um 1000 vagas. A rede de ensino LFG, uma das maiores no ramo de cursinhos preparat&oacute;rios para concursos p&uacute;blicos, conta com oitenta 1000 alunos em quatrocentos cidades no Na&ccedil;&atilde;o e v&ecirc; mercado para expans&atilde;o em mais dois 1000 cidades . Em 2003, ano de inaugura&ccedil;&atilde;o da LFG, a universidade registrava 5 1000 alunos. A advogada T&acirc;mara Capato, de 29 anos, acredita que atravessar em um concurso p&uacute;blico para a vaga de analista judici&aacute;rio em um Tribunal de S&atilde;o Paulo com menos de um ano de estudo “&eacute; sonhar”. “Comecei h&aacute; poucos meses e estou preparada para atravessar de um a tr&ecirc;s anos estudando.</p>

<p>Esta &eacute; a estimativa. Para quem quer a Magistratura (ser juiz) a possibilidade &eacute; de tr&ecirc;s a 6 anos de estudo”, diz. Como Usar O C&eacute;rebro Para Ir Em Provas E Concursos - Home , Rela&ccedil;&otilde;es Internacionais pela Pontif&iacute;cia Institui&ccedil;&atilde;o Cat&oacute;lica (PUC-SP) e Justo na Escola Presbiteriana Mackenzie, T&acirc;mara optou por congelar a carreira e se empenhar exclusivamente aos estudos para concursos p&uacute;blicos.</p>

<p>“As provas exigem profundo discernimento da legisla&ccedil;&atilde;o e da constitui&ccedil;&atilde;o. Nos editais eles especificam o que vai desabar e &eacute; preciso aprender exatamente o exigido”, reitera. F&aacute;bio Manzono, de vinte e oito anos, realizou o sonho de tornar-se promotor p&uacute;blico em fevereiro desse ano. E a promo&ccedil;&atilde;o veio em dose dupla: o advogado foi aprovado em dois concursos diferentes, pro Minist&eacute;rio P&uacute;blico Estadual do Cear&aacute; e de Pernambuco. “Estou esperando homologar o resultado. Depois irei ter acesso a alguns dados que me far&atilde;o optar por um MP ou pelo outro, como estrutura de funcion&aacute;rios, pol&iacute;tica de remunera&ccedil;&atilde;o, quantidade de participantes pela promotoria.</p>

<p>Entretanto estou muito contente por causa de as duas op&ccedil;&otilde;es s&atilde;o muito boas”, conta. 180 1000 reais nos cinco anos que passou estudando pro concurso. 3 mil mensais, com aluguel, despesas pessoais, alimenta&ccedil;&atilde;o e cursinho. Nessa conta n&atilde;o incluo as viagens e as inscri&ccedil;&otilde;es em concursos”, diz o futuro promotor. O advogado mudou-se de C&acirc;ndido, no interior de S&atilde;o Paulo, para a capital para se dedicar aos estudos e credita a este epis&oacute;dio boa fatia dos gastos. Por esse per&iacute;odo exerceu atividades jur&iacute;dicas como representante de um escrit&oacute;rio de tua cidade, experi&ecirc;ncia exigida na Promotoria.</p>

Certificado-Welt.jpg

<p>“Sempre quis trabalhar no Minist&eacute;rio P&uacute;blico por causa de ele &eacute; o senhor da lei penal. &Eacute; o MP quem comanda a a&ccedil;&atilde;o penal e fiscaliza a lei. &Eacute; esse poder de iniciativa que me fascina”, avalia Manzono. Pro administrador de organiza&ccedil;&otilde;es Carlos Augusto Beckenkamp, de vinte e sete anos, a aprova&ccedil;&atilde;o em primeiro local no &uacute;ltimo concurso de auditores fiscais da Receita Federal exigiu outro tipo de investimento.</p>

<p>“Estudava quatro horas por dia ao longo da semana, depois do trabalho, e 9 horas no s&aacute;bado e no domingo no curso telepresencial da LFG”, lembra. Na &eacute;poca, teu filho tinha acabado de nascer e a dedica&ccedil;&atilde;o &agrave; fam&iacute;lia ficou prejudicada gra&ccedil;as a da maratona de estudos. “Gra&ccedil;as ao apoio da minha mulher consegui me aprontar pro concurso. Devo metade dessa vit&oacute;ria a ela”, diz.</p>

<p>Beckenkamp na atualidade trabalha como analista judici&aacute;rio no Tribunal Regional do Trabalho, em Santa Cruz do Sul (RS). No entanto a toda a hora desejou alterar para uma &aacute;rea mais financeira e menos jur&iacute;dica. “Sempre quis trabalhar pela Receita Federal por ser uma &aacute;rea que me identifico mais, de auditoria, ci&ecirc;ncias exatas. Ao oposto Carreira: Vagas De Emprego, Not�cias E Sugest&otilde;es , a carioca Ma&iacute;ra Fernandes, de vince e seis anos, foi aprovada em um concurso p&uacute;blico da Petrobras “meio por acaso”.</p>

<p>A administradora de empresas estagiava numa companhia de telecomunica&ccedil;&atilde;o e sabia que n&atilde;o seria efetivada quando acabasse a institui&ccedil;&atilde;o de ensino. “O edital da estatal me interessou e comecei a aprender pra prova. Fiquei um m&ecirc;s estagiando e indo ao cursinho &agrave; noite, no entanto era muito cansativo e eu n&atilde;o tinha tempo nenhum pra preparar-se.</p>

<ul>
<li>Dois - “Gest&atilde;o de desenvolvimento de produtos e servi&ccedil;os”</li>
<li>dois ANEXO B - ROTEIRO DE ENTREVISTA Para os Adolescentes</li>
<li>Escola Federal de Santa Catarina (UFSC)</li>
<li>cinco Proposta democr&aacute;tica</li>
</ul>

<p>Resolvi sair do est&aacute;gio antes do desfecho do contrato e me aplicar integralmente ao concurso. Adotei um hor&aacute;rio de estudo como se estivesse trabalhando, estudava das 9h &agrave;s 18h00. Fiquei 2 meses por esse ritmo e finalizei passando”, conta. Pra Ma&iacute;ra, um emprego p&uacute;blico n&atilde;o era prioridade, entretanto ela se surpreendeu com o servi&ccedil;o.</p>

<p>“Tinha a falsa ideia de que numa corpora&ccedil;&atilde;o estatal encontraria aquele clima de insuficiente servi&ccedil;o e muita enrola&ccedil;&atilde;o. Hoje vejo que o setor p&uacute;blico n&atilde;o &eacute; aquilo que eu pensava, ou melhor, a &aacute;rea em que eu ca&iacute; na Petrobras n&atilde;o &eacute; nada do que eu pensava. Interromper a carreira, investir anos de estudo e milhares de reais exige dedica&ccedil;&atilde;o e intuito. A Prioridade Relativa Das Imensas &aacute;reas &Eacute; uma fase dificultoso, h&aacute; muita press&atilde;o.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License